Gerenciador de cores Corel Draw
5 min
Criado por Giovanna Santos em 25/01/2019 15:22
Atualizado por Giovanna Santos em 16/01/2020 20:08

É muito importante estar com o Gerenciamento de Cores configurado de acordo com o padrão de cor da gráfica onde o material será impresso. Assim, é possível atingir uma maior fidelização das cores no ato da impressão. Para isso, é preciso configurar o Gerenciamento de Cores do CorelDRAW.

Para configurar corretamente, você precisa acessar: Ferramentas / Gerenciamento de Cores / Configurações Padrão. Ao clicar, você acessará a tela de Configurações de gerenciamento de cores padrão.

Assim como a maioria dos softwares de design, o Corel Draw tem sua base de desenvolvimento nos EUA, ou seja, sua configuração padrão está baseada no modelo gráfico utilizado lá. Esta diferença, que pode até parecer simples, pode causar mudanças e diferenças na qualidade de cores do produto impresso.

Nas imagens, você encontra a explicação de como deixar as configurações compatíveis com a realidade e o padrão do mercado gráfico brasileiro.

Tela de Gerenciamento de Cores Padrão Americano

Configuração de Cores Padrão:
(1) padrão RGB americano
(2) padrão CMYK americano
(3) padrão tons de cinza americano
(4) modo de cores primárias americano
(5) finalidade de renderização americano.

Curiosidade:

Diversos profissionais da área acreditam que o perfil U.S Web Coated (SWOP) v2, é um modelo voltado para imagens da web/internet, e isso não é verdade. A denominação ‘Web’ neste caso, significa que este perfil de cores foi desenvolvido para máquinas de impressão rotativas, que fazem um trabalho diferente das máquinas Offset plana.

 

Tela de Gerenciamento de Cores GIV Online

Configuração de cores padrão: GIV Online
(1) utilizar o perfil de cores sRGB IEC61966-2 para conversão de cores em RGB,
(2) utilizar o perfil de cores Coated FOGRA 39 (ISO 12647-2:2004). Ele deverá ser incorporado em todos os arquivos que serão enviados para a Pré-Impressão.
(3) DotGain 15% deverá ser usado para conversão de cores e imagens em tons de cinza.
(4) o modo de cores primárias será em CMYK. Essa opção permitirá que todo documento aberto em branco, venha com o modo de cores CMYK.
(5) o modo de renderização a ser utilizado, será relativo. Isso é, sem levar em conta a cor do substrato (papel) utilizado na impressão.

Configuração de conversão de cores:
(6) manter o mecanismo de cores Microsoft ICM CMM,

(7) manter a função Mapear cinza para preto puro ativada. Esta opção ativada garante que, se o arquivo sofrer mudanças colorimétricas no momento da conversão de um perfil de cores para outro, as cores acinzentadas serão convertidas apenas para o canal Preto. Ou seja, sem levar em conta a cor do substrato (papel) que será utilizado na impressão.

Critérios para gerenciamento de cores:
(8, 9 e 10) esta opção gerencia o comportamento do Corel Draw ao abrir um documento já criado. Se o arquivo aberto tiver outros perfis de cores embutidos, o programa fará, automaticamente, a conversão para os padrões configurados. Já as opções (11, 12 e 13) serão atribuídas no caso de elementos novos importados e copiados para a área de trabalho atual.

 

Salvando as configurações

Após realizar todo o processo de configuração, é preciso salvá-lo. Para isso, siga os passos abaixo:

(19) clique no ícone semelhante a um disquete e uma nova janela abrirá.
(20) digite o nome da configuração recém criada e clique em OK.
(21) Clique novamente em OK e pronto! A configuração está finalizada.

Esta configuração é válida para as versões Corel Draw X6, X7 e X8.